Guarulhos: Banco pede doação de leite materno para seguir salvando vidas

Operando com apenas um quarto de sua capacidade por conta da redução do número de doadoras, o Banco de Leite Humano de Guarulhos (BLH) pede a colaboração de mães que estejam amamentando seus bebês e que tenham volume excedente para doar. Além disso, o BLH também está precisando de frascos de vidro com tampa plástica, semelhantes ao de café solúvel. Para contribuir, basta ligar para os telefones: 2408-4991 e 2408-6243.

Podem doar o volume excedente as mães saudáveis que estejam amamentando o seu bebê. Além disso, são exigências para as interessadas em doar leite materno que elas não bebam e nem fumem, bem como que tenham congelador ou freezer em casa para armazenar o produto, que é coletado na própria residência da pessoa pela equipe do Banco de Leite.

As doações são fundamentais para salvar vidas, uma vez que o leite materno é essencial para fortalecer o sistema imunológico dos bebês, auxiliandona recuperação de recém-nascidos internados nas UTIs das maternidades públicas. Depois de coletado e pasteurizado, o produto passa por um controle rigoroso de qualidade antes de ser utilizado no tratamento dos prematuros ou daqueles com graves problemas de saúde.





Além desse trabalho, o BLH também oferece orientação e acompanhamento às mães com dificuldades para amamentar ou que tenham mastite, dores e rachaduras no peito. Sua missão é incentivar o aleitamento materno para que seja a fonte exclusiva de alimento do bebê até os seis meses de idade. O BLH funciona de segunda a sábado, das 7 às 19 horas, na rua Otávio Forghieri, 70, ao lado do Fórum (região central).

Guarulhos: Banco pede doação de leite materno para seguir salvando vidas
Rate this post




Deixe seu comentário